7 TIPOS DE MARKETING ADOTADOS PELAS GRANDES MARCAS DO MERCADO QUE VOCÊ PODE USAR PARA IMPULSIONAR SEU NEGÓCIO

blog (14)

07 jun 7 TIPOS DE MARKETING ADOTADOS PELAS GRANDES MARCAS DO MERCADO QUE VOCÊ PODE USAR PARA IMPULSIONAR SEU NEGÓCIO

Se você começou a pesquisar sobre os tipos de marketing existentes, deve ter se deparado com inúmeros nomes e definições que deixam claro que o marketing possui inúmeras derivações.

Marketing é o processo de planejar e executar a concepção, a determinação do preço, a promoção, e a distribuição de ideias, bens e serviços para criar trocas que satisfaçam metas individuais e organizacionais. – Associação Americana de Marketing

Dentro desse conceito, o marketing subdivide-se em inúmeros tipos de marketing, cada um com usando de elementos específicos para alcançar o mesmo objetivo: suprir necessidades de forma lucrativa.

O marketing não está limitado somente à relação entre empresas e o mercado consumidor.

Está em todo lugar, especialmente em situações do cotidiano de todos nós.

Situações às vezes tão banais, que você sequer percebe que uma ação de marketing está acontecendo diante de seus olhos.

Uma conversa entre amigas, onde uma fica impressionada com o brilho dos cabelos da outra e quer saber o que ela está fazendo para chegar naquele resultado.

Quando uma explica para outra sobre seu tratamento e conta quais produtos ela está usando, automaticamente ela está engajando a amiga a buscar a mesma solução que ela.

Ela está fazendo marketing.

Quando alguém do seu círculo social faz uma postagem sobre sua viagem para as Maldivas no Instagram, ele(a) está fazendo marketing.

Quando uma marca aparece sutilmente durante um filme, mesmo que dentro do contexto da cena, essa é uma ação de marketing.

O marketing está em praticamente tudo que fazemos, mesmo que de forma não intencional.

Todas essas possibilidades geram infinitas oportunidades para empresas e suas marcas, que passam a adotar tipos de marketing específicos para cada uma dessas situações.

Hoje, vamos conhecer melhor os tipos de marketing mais usados e mais eficientes para impulsionar negócios.

Portanto, continue lendo para conhecer os 7 tipos de marketing e descobrir qual deles pode ser a solução ideal para você:

POR QUE EXISTEM VÁRIOS TIPOS DE MARKETING?

tipos-de-marketing-001

O sucesso de uma empresa pode estar diretamente relacionado aos esforços de marketing, pois sem a venda não há faturamento, não há lucro e, consequentemente, mais nenhuma operação consegue se sustentar.

A importância do marketing é inegável, bem como o seu alcance, o que faz com que surjam cada vez mais tipos de marketing, utilizando de estratégias e táticas diversas para se adequar ao mercado onde serão utilizadas.

Cada um dos tipos de marketing existentes (e são inúmeros) pode estar relacionado:

  • A uma tática: Marketing de Experiência
  • A um canal específico:Vídeo Marketing e Mobile Marketing
  • A uma estrutura: Marketing Empresarial
  • A um público-alvo: Marketing B2C e Marketing B2B
  • A um estilo: Marketing de Conversação
  • A uma causa: Marketing Verde

Como eu disse logo no começo do artigo, o marketing está em todo lugar. E, sendo assim, pode ser utilizado para promover muito mais que bens e serviços.

Para conhecer os tipos de marketing e entender por que a diversidade é tão grande, é preciso entender a quais outros elementos eles podem ser aplicados.

Conheça outros itens precisam de uma definição de mix de marketing tanto quanto produtos e serviços e que também impulsionam o surgimento de vários tipos de marketing:

Eventos

tipos-de-marketing-002

Eventos esportivos de grande porte, como Copas do Mundo e Olimpíadas, são mundialmente conhecidos pelas grandes ações de marketing com o intuito de gerar interesse por parte do público.

Mas não só os grandes usam as estratégias de marketing. Apresentações artísticas, peças de teatro, feiras e exposições e os mais diversos tipos de eventos podem contar com o marketing para ampliar seu alcance.

Experiências

tipos-de-marketing-003

Nunca se falou tanto em experiências. As pessoas desejam viver mais momentos marcantes do que acumular bens e isso está refletindo no comportamento de compra.

Hoje, uma agência de viagens não vende mais um simples pacote de hospedagem, transporte e ingressos para atrações. Ao invés disso, ela precisa vender as sensações e os momentos que o viajante poderá experienciar se decidir fechar o negócio.

Informações

tipos-de-marketing-004

O conhecimento pode ser comercializado como produto, como, por exemplo, cursos de graduação, pós-graduação e até cursos online.

Um exemplo de informação que virou produto é o nosso curso de Produção de Conteúdos Memoráveis.

Eu reuni anos de experiência e estudos sobre produção de conteúdo para internet e criei uma metodologia que ensina até mesmo aqueles que acreditam que não possuem o dom da escrita a produzir conteúdos com alto poder de viralização e vendas.

Lugares

tipos-de-marketing-005

Em lugares podemos incluir, bairros, cidades, estados e até países que usam o marketing para atrair visitantes de outras regiões com o intuito de estimular o crescimento econômico da área.

Um órgão que vem fazendo um excelente trabalho de marketing na divulgação de destinos é o Visit the USA, que foi criado para atrair turistas para os Estados Unidos, divulgando seus melhores destinos, especialmente através do meio digital.

Organizações

tipos-de-marketing-006

As empresas não se preocupam somente em divulgar a marca de seus produtos e serviços, mas também a marca da própria organização.

A Unilever, fabricante de bens de consumo, começou a trabalhar sua estratégia de branding corporativo em 2006, e conseguiu ir de 7% para 73% de índice de reconhecimento de marca no Brasil, de acordo com a publicação da Revista Exame.

Reforçar a marca da organização levou a um aumento de intenção de compra da cesta de produtos da empresa, já que o consumidor passou a perceber a qualidade em tudo que era fabricado pela Unilever e não apenas pelas marcas individualmente.

Pessoas

tipos-de-marketing-007

O marketing sempre foi bastante utilizado para divulgar personalidades.

Gisele Bündchen e Beyoncé são grandes exemplos de mulheres que transformaram seus nomes em marcas poderosas através de uma estratégia de branding.

Ou melhor, nesse caso de personal branding.

Atualmente, os influenciadores digitais são os que mais utilizam o marketing para desenvolver sua força pessoal como marca.

O personal branding nunca esteve tão em alta e não se limita a pessoas com grande alcance, como celebridades e influenciadores.

Empreendedores e profissionais de diversas áreas também usam o marketing para vender sua marca pessoal para as empresas e clientes.

Como você acabou de ver, o uso do marketing é bastante extenso, gerando a necessidade de estratégias cada vez mais específicas para alcançar o objetivo desejado.

Já encontrei listas com mais de 100 tipos de marketing possíveis! Porém, fiz uma seleção daqueles que são mais relevantes para o momento atual.

Pronto(a) para conhecer os 7 tipos de marketing para turbinar seu negócio?

1.MARKETING DIGITAL

tipos-de-marketing-008

Ao falar de tipos de marketing, decidi começar com o Marketing Digital por um motivo: é o que mais usamos na Viver de Blog, afinal, somos uma empresa 100% virtual.

O Marketing Digital reúne todas as ações de marketing de um negócio que acontecem no meio digital, como:

  • Gerar tráfego orgânico e aumentar audiência através de otimizações de SEO;
  • Criar relacionamento com audiência através do Email Marketing;
  • Criar e manter relacionamento com clientes através da Gestão de Mídias Sociais;
  • Investir na produção de conteúdo estratégico.

O objetivo é o mesmo: suprir necessidades, lucrativamente, porém no meio digital.

Não é exclusividade de empresas virtuais, mas obrigação de todos os negócios, já que a eficiência do marketing offline não é a mesma.

Caso de sucesso

tipos-de-marketing-009

A marca de sorvetes Ben and Jerry’s usou estratégias de Marketing Digital para lançar novos sabores, que usavam produtos de alta qualidade, como geléias de verdade e caramelo.

Ao invés de simplesmente colocar o produto novo à venda, a marca decidiu colocar em seu site conteúdos sobre o processo de produção e fotos dos produtos para despertar o desejo de compra e, claro, onde encontrar as novidades.

Além disso, diversos reviews e artigos de consumidores que já haviam provado os novos sabores começaram a surgir, dando mais poder à divulgação boca a boca.

Dicas práticas para usar Marketing Digital:

  • Faça um plano de marketing digital separado do plano de marketing geral para seu negócio.
  • Não use estratégias de Outbound Marketing, como uso de banners em excesso, pop-ups gigantes ou qualquer outra forma de interrupção em seu plano de Marketing Digital, já que a sua eficiência se prova cada vez menor.
  • Diversifique os canais: não foque somente nas redes sociais, mas tenha também um site e um blog para seu negócio.

2.MARKETING OMNICHANNEL

tipos-de-marketing-010

O Marketing Omnichannel é mais um dos tipos de marketing extremamente atuais.

Cada vez mais, as pessoas alternam sua atenção entre os canais online e os offlines.

Você está pensando em comprar uma TV. Pode pesquisar preços e marcas em uma loja física, analisar suas características “ao vivo”, mas decidir comprá-la pela internet por conta de uma melhor oferta de preço.

Assim como o inverso também pode acontecer.

A experiência do usuário não acontece em apenas um canal, mas em vários simultaneamente e oferecer uma transição fácil entre esses canais é fundamental.

O Marketing Omnichannel está crescendo tanto que não só as empresas físicas estão migrando para canais digitais, como o contrário também está acontecendo.

A gigante digital Amazon já possui até mesmo algumas lojas físicas nos Estados Unidos.

A explosão do uso de smartphones pode ser a grande responsável por essa tendência, pois mais do que nunca há uma necessidade imediata por parte dos consumidores de alcançar a solução desejada.

Mas o Marketing Omnichannel não se refere apenas a transição do offline para o online. Se um cliente começa a navegação via celular e efetiva a compra em um computador, o Omnichannel se aplica aqui também.

No Reino Unido, é possível comprar uma BMW em menos de 10 minutos através do celular.

Para isso, basta tirar uma foto com seu smartphone de algum outdoor ou anúncio impresso em revistas com a foto do carro desejado.

Você automaticamente é direcionado a um site com todos os detalhes do carro e se possuir uma gorda conta bancária pode comprar o carro com apenas um clique.

Caso de sucesso

tipos-de-marketing-011

Uma das empresas que sabe fazer o Marketing Omnichannel com excelência é a Disney.

A experiência do usuário começa no site da empresa, que possui um design bastante bonito e claro, responsivo, facilitando o acesso via celulares e tablets.

É possível definir detalhes da sua viagem, como reservar hotéis e comprar ingressos rapidamente, sem precisar sair do celular.

Uma vez que o usuário já fez suas reservas, ele pode usar o aplicativo chamado de My Disney Experience para reservar restaurantes e até o Fast Pass (agendamento de horários para “furar a fila” nas atrações mais concorridas Disney).

Detalhe: mesmo quem não fica hospedado dos hotéis da empresa pode usar o app para usar esses serviços.

Esse mesmo aplicativo funciona para descobrir o tempo de espera na fila dos brinquedos e saber um pouco mais de detalhes sobre as atrações.

Para quem desejar, a Disney disponibiliza um produto chamado Magic Band, uma pulseira com leitor digital que pode ser usada como a chave do quarto para hotéis da Disney, para entradas em parques, para entradas do Fast Pass e até para fazer compras de fotos tiradas com personagens dentro dos parques.

Dicas práticas para usar Marketing Omnichannel:

  • Conheça bem sua persona e toda a sua jornada de compra: por quais canais ela passa até chegar na fase final do funil de vendas.
  • Revise sempre que possível a experiência de compras dos seus clientes, desde à pesquisa até a venda. Faça testes A/B em seus canais digitais, como email e site, e faça mudanças sempre que algo estiver dificultando parte do processo.

3.MARKETING DE CONTEÚDO

tipos-de-marketing-012

O Marketing de Conteúdo é um dos pilares do Marketing Digital.

Enquanto a estratégia digital é mais abrangente, e pode incluir táticas de Inbound e de Outbound Marketing, o Marketing de Conteúdo é uma estratégia focada em ganhar o interesse e a confiança do público através da entrega de valor em formato de conteúdo.

Através da criação de conteúdo relevante, é possível envolver, atrair e estimular ação do cliente. Essa ação pode ser não só uma venda, mas também o preenchimento de um cadastro, download de um material, compartilhamento de um conteúdo.

Um bom planejamento é essencial para o sucesso de qualquer tática de marketing. Para o marketing de conteúdo, não seria diferente. A elaboração de estratégias eficientes pode conduzir as pessoas através de um funil de conversão.

Isso se dá, primeiramente, através da construção de consciência sobre sua marca.

Em seguida, as pessoas a avaliam de acordo com a credibilidade que você transmitiu por meio do seu conteúdo e, por fim, estão prontas para fazer negócio com você.

Use o seu conteúdo para sanar objeções que o seu cliente possa apresentar. Use-o para contar histórias interessantes sobre como outras pessoas se beneficiaram a partir de sua oferta.

Se quiser saber mais sobre Marketing de Conteúdo, baixe nosso infográfico sobre o assunto.

Caso de sucesso

tipos-de-marketing-011

A Samsung e a Vimeo firmaram uma parceria para a produção de 10 vídeos sobre a complicada relação entre humanos e tecnologia para uma ação de marketing de conteúdo chamada “The Connected Series”.

O foco desta estratégia de marketing está totalmente no conteúdo e não na inserção forçada da marca nos vídeos.

A Samsung distribui esses vídeos sempre que do seu interesse, mas exibidos no tocador da Vimeo.

Além disso,  as menções às duas marcas são feitas o mínimo possível para preservar a veia artística dos curtas.

O mesmo aconteceu com o curta “Two Bellmen”, da Marriot, gigante rede hoteleira.

Todo o filme se passa no hotel da marca, mostrando os ambientes físicos, o serviço e o comprometimento com o cliente através de um conteúdo divertido e bem produzido.

E que não possui nenhuma menção direta à marca, como você pode ver:

Dicas práticas para usar Marketing de Conteúdo:

  • Conheça profundamente seu público-alvo: entender com quem se está falando torna mais fácil fazer o melhor trabalho possível, pois você conhece verdadeiramente as dores e os sonhos do seu público-alvo.
  • Defina suas metas e objetivos: seus objetivos podem ser muitos, mas é preciso estabelecer prazos e definir tarefas para que cada um deles saia do papel.
  • Use o conteúdo para atrair seus leitores: cada parte o conteúdo que você escreve precisa resolver um problema ou realizar um sonho.
  • Automatize os processos: alguns exemplos de processos automatizados são disparos automáticos de e-mails, nutrição de leads, vendas de produtos/serviços e etc.
  • Mensure os resultados: o sucesso depende de ajustes contínuos, que só são possíveis se você conhece as métricas do seu conteúdo.

4.MARKETING DE RELACIONAMENTO

tipos-de-marketing-013

Não há como permanecer no mercado anos e anos sem ter um público fiel e engajado no seu nicho de mercado.

O Marketing de Relacionamento é um conjunto de ações montado com o objetivo de cultivar o relacionamento certo com o grupo certo.

Eu falei aqui da importância de ter uma base de clientes fiéis, mas o marketing de relacionamento não se restringe à relação entre empresa e cliente.

Envolve também, a relação da empresa com seus fornecedores, distribuidores e quaisquer outros parceiros, formando uma rede de marketing.

O Marketing de Relacionamento exige que a empresa tenha acesso a dados dos seus clientes e faça ações personalizadas para criar conexão verdadeira.

Programas de fidelidade de companhias aéreas são um claro exemplo de Marketing de Relacionamento, já que visa criar a relação entre empresa e cliente, dando vantagens como acúmulo de pontos, check-in preferencial e assentos maiores para quem sempre voa com a mesma empresa.

Uma relação onde os dois lados ganham ao mesmo tempo que formam uma parceria.

Caso de sucesso

tipos-de-marketing-011

A Mars é um empresa fabricante não só de doces, mas também de rações para gatos e cachorros.

Na Alemanha, fez uma ação de marketing de relacionamento, primeiro entrando em contato com veterinários do país e oferecendo um material para distribuição gratuita que ensinava “Como cuidar do seu gato”.

Para ter acesso ao livro, o cliente precisava preencher um formulário com nome, idade e data de aniversário do animal de estimação.

Com esses dados em mãos, a empresa passou a enviar cartões de aniversário para os gatinhos junto com amostras de rações ou cupons de desconto da marca.

Dicas práticas para usar o Marketing de Relacionamento:

  • Foque nas necessidades do clientes ao invés das vendas.
  • Use as mídias sociais para se conectar com sua audiência, respondendo comentários, avalie sugestões de clientes e promova postagens interativas.
  • Procure maneiras de gerar valor além do esperado.
  • Tenha um banco de dados de clientes atualizado.

5.MARKETING DE EXPERIÊNCIA

tipos-de-marketing-016

O Marketing de Experiência faz muito mais do que enviar uma mensagem ao potencial cliente, ele o envolve no produto ou serviço ao proporcionar experiências inéditas relacionadas à marca.

Ao interagir com um produto, se possível usando vários sentidos, a percepção do consumidor muda completamente. A marca se torna viva para eles.

O maior benefício do marketing de experiência não está na divulgação mais eficiente do produto, mas sim na conexão que se cria entre a marca e seu público.

Por essa razão que a experiência precisa ser memorável, interativa, despertar emoções, e, claro, estar de acordo com o desejo das pessoas para aumentar as vendas e a fidelidade à marca.

Uma vez que o cliente experimenta seu produto ou serviço, ele consegue atestar como aquilo pode, de fato, se encaixar na sua vida.

Portanto, tornam-se mais dispostos a comprar.

Além de conseguir perceber mais claramente o diferencial do que você oferece, e assim, gerar muito mais boca a boca, especialmente pelas redes sociais.

Casos de sucesso

tipos-de-marketing-011

A marca européia de equipamentos esportivos, Globetrotter, criou um simulador de condições climáticas adversas, como tempestades e temperaturas abaixo de zero, para que os clientes pudessem testar a eficiência de seus produtos em uma situação mais próxima da realidade possível.

A IKEA, fabricante de móveis, decidiu mobiliar alguns quartos de hotéis no Canadá com seus produtos, desde camas a mesas, cadeiras, sofás e até utensílios domésticos.

Assim, os hóspedes poderiam experienciar, por alguns dias, como seria ter a sua própria casa mobiliada com a marca.

Fazer com que as pessoas percebam como pode ser seu dia a dia com o produto é muito mais eficiente do que simplesmente fazer uma propaganda contando sobre seus benefícios.

Um exemplo um pouco diferente é o do Hard Rock Café, que vende experiências em si, ao servir um boa refeição, em um ambiente físico com decoração temática e instrumentos musicais de pessoas famosas e sem falar nos shows de música ao vivo.

Experiência que você pode encontrar em todas as suas filiais espalhadas pelo mundo.

Dicas práticas para usar o Marketing de Experiência:

  • Dê às pessoas algo para falar sobre, gerar um boca a boca.
  • Permita que seu público realmente experimente o seu produto ou serviço.
  • Esteja presente nas redes sociais e incentive sua audiência a comentar sobre essas experiências por lá.
  • Aceite críticas para melhorar sua oferta.
  • Use o feedback para continuar inovando

6.MARKETING VIRAL

tipos-de-marketing-015

A viralidade alcança números impressionantes de acessos, e além de distribuir o conteúdo de forma muito eficiente, funciona como uma ótima prova social.

Esse tipo de marketing foca em espalhar informações e opiniões a respeito de um produto ou serviço, de pessoa a pessoa, de preferência usando os meios digitais, que conseguem ampliar alcance da divulgação boca a boca.

Os conteúdos virais são impossíveis de serem ignorados. Aumentam nossa adrenalina, provocam intensas emoções e garantem um altíssimo nível de compartilhamentos.

E também são uma poderosa ferramenta para:

  • Divulgar sua marca;
  • Disseminar seu conteúdo;
  • Aumentar o engajamento dos seus usuários.

Caso de sucesso

tipos-de-marketing-011

A fabricante de liquidificadores Blendtec conseguiu atrair a atenção de milhões de potenciais clientes com a campanha “Will it blend“?.

A empresa produziu uma série de vídeos para aumentar o reconhecimento de marca da sua linha de liquidificadores.

O elemento viral deve-se ao fato dos vídeos mostrarem como o liquidificador, ao invés de moer alimentos, podia triturar bolas de golfe, isqueiros e iPhones.

Sem dúvida uma campanha completamente fora do comum e que, de quebra, mostrava a qualidade do produto.

O Orçamento inicial da campanhas campanhas virais eram de $50 e em 2 anos as vendas da empresa aumentaram em 700%.

Dicas práticas para usar o Marketing Viral:

  • Artigos com mais de 2.000 palavras tem quase o dobro de compartilhamentos;
  • Listas tem altos números de compartilhamentos;
  • Imagens ajudam o conteúdo a trazer aproximadamente o dobro de compartilhamentos;
  • O conteúdo precisa ser gratuito. Um conteúdo pago se torna difícil de ser compartilhado;
  • O conteúdo com potencial viral precisa despertar emoções;
  • Ofereça uma promessa: o conteúdo que vai mudar sua vida, seus relacionamentos, seu trabalho…
  • Apresente números e estatísticas, esse tipo de dado é mais completo e traz uma visão mais clara do assunto;
  • Traga informações de uma fonte confiável, a autoridade de quem produz o conteúdo torna-o muito mais atrativo.

7.MARKETING DE GUERRILHA

tipos-de-marketing-014

O Marketing de Guerrilha é uma estratégia que foca em ações inusitadas, de baixo custo e com grandes resultados, sendo assim necessárias altas doses de criatividade.

Não parece algo muito simples, certo?

O nome curioso foi criado por Jay Conrad Levinson e se relaciona a pequenas estratégias de guerra, irregulares, usadas por civis na guerra do Vietnã.

Muitas dessas táticas incluíam elementos como surpresa e carga emocional.

Geralmente o Marketing de Guerrilha é utilizado por pequenas empresas que querem alcançar resultados em maior escala porém não possuem orçamento suficiente para fazer isso através de mídias tradicionais.

Não significa que grandes empresas não tenham apostado neste tipo de marketing.

Em 2010, a Coca-Cola criou a máquina da felicidade, uma máquina de bebidas que depois do pagamento servia muito mais do que um único produto e colocou-a na Universidade St. John’s, em Nova York.

Com 5 câmeras escondidas gravando as reações espontâneas dos estudantes, a Coca gerou um vídeo que viralizou, alcançando 4,5 milhões de visualizações no YouTube.

Caso de sucesso

tipos-de-marketing-011

Outro exemplo bem executado de Marketing de Guerrilha foi o do filme a Bruxa de Blair, lançado em 1999.

Na época, os produtores do filme não contavam com muito dinheiro para filmar e muito menos divulgar o filme.

A solução foi criar uma campanha na internet espalhando boatos sobre a existência da bruxa de Blair.

A campanha gerou um buzz absurdo muito antes do filme estar pronto, e de acordo com a CNN, o filme arrecadou, na época, 250 milhões de dólares, sendo que seu investimento em divulgação foi de apenas 50 mil dólares.

Dicas práticas para usar o Marketing de Guerrilha:

  • Esteja pronto para correr riscos.
  • Não foque em polêmicas ou atitudes que podem machucar, irritar ou assustar pessoas. A ideia é ser algo positivo.
  • Não tente ser ou parecer algo que sua empresa não é.
  • A estratégia de Marketing de Guerrilha deve incorporar a personalidade da sua marca, como fez a Coca-Cola.
No Comments

Post A Comment