Qual é o valor de um ‘Like’?

BLOG POST LIKE 2

11 mai Qual é o valor de um ‘Like’?

Eu me lembro dos dias em que você só podia executar campanhas para atrair likes para sua FanPage em publicidade no Facebook. Marcas e anunciantes investiam dezenas, muitas vezes centenas, de milhares de dólares para conseguir Likes, e o Facebook tinha nos convencido de que havia retorno, motivo em fazer isso. Hoje, existem várias oportunidades de publicidade, mas os Likes ainda são amplamente considerados um indicador de fidelidade à marca e oportunidade de crescimento.

A questão permanece, no entanto: Qual é o valor desses Likes? Esta é a pergunta de milhões de dólares, e é uma que poucos comerciantes se atrevem a buscar resposta. Estamos acostumados a evitá-la, apenas admitindo que “tem que haver algum valor nos likes”.

Na minha opinião, há um valor em um Like, mas talvez não da maneira que você poderia pensar.

Correlação vs. Causalidade

Certamente pode-se afirmar que há relação entre um seguidor que gosta de uma marca em uma plataforma social e que seguidor que quer gastar mais na marca do que pessoas que não são seguidores. Mas essa relação é de correlação ou causação? Aqui é onde nós, como comerciantes precisamos dar uma olhada séria nos dados.

Naquilo que considero ser a avaliação mais abrangente e voltada para os dados do valor de um Like, a Harvard Business Review realizou um conjunto de experiências controladas (23 para ser exato) para analisar o possível impacto de Likes em transações ou comportamentos de um usuário ou pessoas dentro do círculo social do usuário. A pesquisa descobriu que o simples ato de gostar de uma marca não afeta o comportamento de um consumidor ou leva ao aumento do volume de compras. Além disso, entre as 18.000 pessoas incluídas no estudo, o endosso de uma marca não produziu influência significativa na probabilidade de compra de um amigo ou membro da família.

Estes resultados são desanimadores e uma dura constatação para os comerciantes. No entanto, há uma luz no final deste túnel, e é sobre isso que trataremos agora.

Push vs. pull marketing

Mudanças significativas no comportamento do consumidor podem ser feitas através de mídias sociais através de anúncios pagos. Enquanto os detalhes do estudo acima mencionados querem mostrar que o pull marketing (tentando atrair os clientes através de mídias sociais) são ineficazes, o push marketing é outra história. Para usá-lo, a publicidade desempenha um papel significativo das ações via social.

É de vital importância que uma marca invista em amplificar sua mensagem e anúncios positivos em torno de sua marca através de plataformas sociais. Em um dos estudos controlados pela HBR, os usuários de um grupo que tinham dado like em uma página e pros quais eram exibidos os posts e anúncios pagos eram mais propensos a ter uma ação significativa, medida em resultados de negócios reais, do que aqueles em um grupo de controle. Estes esforços de combinar push e pull é onde os dólares são investidos proveitosamente.

Social proofing & Competitor Benchmarking

Há também um valor muito real no “social proofing”. Isso significa essencialmente que gostos, comentários e ações fornecem uma sensação de legitimidade em torno de sua marca. Sua credibilidade vai para o buraco quando você só tem alguns likes na sua página e nos seus posts.

Ao procurar uma página para curtir, os consumidores olham se você tem um número elevado de seguidores; Se seus posts da página estão tendo engajamento e assim por diante.

Um exercício bom para fazer em uma página é realizar uma boa análise SWOT. Isso avalia suas Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças dentro da internet. Uma análise SWOT é a base sobre a qual você pode construir uma estratégia social bem focada.

Medir o impacto dos engajamentos sociais

O Facebook melhorou as formas de rastrear se a página e o post impulsionam interações. Por exemplo, você pode avaliar se aqueles que comentaram uma postagem ou “Curtiram sua página” realizam ações mensuráveis em seu site ou aplicativo.

O cliente deve passar por uma avaliação de atribuição de valores reais do dólar em ações social-driven. Assim, ele conseguirá seguir a direção a rentabilidade social.

Um bom lugar para começar é a migração para seu site ou aplicativo. O tráfego social “orgânico” converte em uma fração de mais tráfego de intenção de compra. Por exemplo, se o seu dólar por visita na pesquisa é de R $ 1,00 e o tráfego social orgânico converte em 1/10 a taxa, o tráfego social será avaliado em 0,10 dólares por visita.

Tomando as etapas de recomendação acima, você pode atribuir valores de dólar com base na profundidade da visita, tempo no site e endereços de e-mail. Outra recomendação seria segmentar o tráfego social orgânico em um pool de redirecionamento, enviar anúncios de resposta direta a esses usuários e, em seguida, compartilhar o custo da visita inicial, mais os custos de remarket ao ponto de conversão em sua avaliação CPA (custo por aquisição).

A mídia social está intimamente relacionada com as relações públicas e outros investimentos que uma marca faz para manter um posicionamento favorável.

Entenda como seus canais interagem e quais ações são mais adequadas. Estes tipos de investimentos são sempre dinheiro bem gasto, na minha opinião, e eles aumentam o seu status de comerciante que olha para todo o tráfego do cliente.

Turning Likes into loot

Enquanto Likes patrocinados não fornecem um retorno elevado, dólares significativos podem ser feitos quando você toma uma abordagem pragmática e holística. Lembre-se de sempre testar e medir e, em seguida, testar novamente.

Gostaria de dizer que sua presença nas redes sociais é uma extensão direta de cada canal e departamento de sua organização.

Uma coisa importante a notar é que nem todos os clientes fazem o mesmo tráfego em seu caminho para comprar. Esta jornada é cada vez mais complexa e única para todas as marcas, e as redes sociais oferecem uma oportunidade de nutrir os consumidores de maneira personalizada.

Branding e anúncios pagos precisam fazer uma dança delicada dentro de sua organização. Promover interações positivas da marca, endossos e experiências – e os consumidores responderão mais favoravelmente quando forem apresentados com uma mensagem de resposta direta.

Conclusão

Quando perguntado “Qual é o valor de um Like?”, muitas vezes eu vou responder com “Tudo o que você está disposto a pagar por isso.” Você precisa entender a monetização que você pode pagar para patrocinar a sua marca.

No Comments

Post A Comment